-

Aba 1

Postado em 24 de Maio de 2019 às 17h27

Constituição, alteração e baixa de empresa agora requer certificado digital e-CPF

A Jucesc digital já está aceitando certificado A1 e A3

Cumprindo a Inscrição Normativa DREI 57, de 26 de março de 2019, a Junta Comercial do Estado de Santa Catarina (JUCESC) já está aceitando o certificado A1.

Além da facilidade, o certificado digital e-CPF A1 tem validade de 12 meses, armazenado diretamente no computador ou no dispositivo móvel e não depende de cartões ou tokens para seu uso. Por se tratar de certificado ICP-Brasil, permite também sua identificação e autenticação no mundo digital com segurança.

A Jucesc é uma das primeiras juntas comerciais do Brasil a aceitar, além do certificado A3, este recente formato de certificação digital, A1.

Agora é para valer, o certificado A1 já está em pleno funcionamento. Por isso estamos certificando a todos: A1 já é realidade em Santa Catarina.

O certificado digital e-CPF será necessário a todos os sócios para constituição, alteração e baixa das sociedades. Para os empresários individuais, por enquanto, apenas a baixa da empresa não exige o certificado digital. Outra exigibilidade é quanto aos livros contábeis que também precisarão serem assinados via certificado digital e-CPF.

Fonte: JUCESC.

Veja também

Atestados médicos ? Como proceder29/03/19 De acordo com a Lei nº 605/49, a ausência ao trabalho por motivo de doença deve ser comprovada mediante atestado médico, caso contrário a falta será tida como injustificada e acarretará a perda da remuneração do dia. A falta injustificada ao serviço também enseja a perda da remuneração do repouso semanal, conforme art. 6º,......
Estados e representantes de bares e restaurantes formam grupo de trabalho04/09/19 Um grupo de trabalho será formado com representantes de bares e restaurantes e técnicos do Governo de Santa Catarina para avançar na discussão sobre a tributação do segmento, assim como a formalização......
FGTS vai distribuir 100% do lucro em 2018, que soma R$ 12,2 bilhões27/08/19 O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) vai distribuir a seus cotistas R$ 12,2 bilhões referentes ao lucro obtido no ano passado, informou o Ministério da Economia na noite desta segunda-feira, 19. Os valores serão......

Voltar para Notícias